Inicio / Saúde / Como tratar incontinência urinária com exercícios?

Como tratar incontinência urinária com exercícios?

Como tratar incontinência urinária com exercícios? A Incontinência Urinária é a perda involuntária de urina pela uretra, tendo aqueles escapes de xixi, sem poder controla-lo. Este problema é mais comum entre as mulheres, à causa disto pode ser um histórico pela passagem do esforço físico causado pela gestação e a queda dos níveis de estrogênio depois da menopausa. Ainda existem outros fatores que podem favorecer o seu aparecimento dentre eles podemos destacar: estresse emocional, prisão de ventre, alterações hormonais e problemas físicos (bexiga caída).

Como tratar incontinência urinária com exercícios

Quais são os tipos de Incontinência Urinária feminina?

Existem muitos tipos de Incontinência Urinaria feminina, dentre elas podemos destacar:

-A Incontinência Urinária Feminina de Esforço: Geralmente acontece quando a pessoa tosse, nos exercícios físicos, movimentos bruscos e quando ri;

-A Incontinência Urinária Feminina de Urgência: É muito incômodo, pois dá aquela vontade de urinar a toda hora;

-A Incontinência Urinária Feminina Mista: É a mistura dos dois tipos de Incontinência de Urgência e Esforço;

Como tratar incontinência urinária com exercícios? (Foto: Divulgação)

Quais são os exercícios que podem ajudar no tratamento da Incontinência Urinária?

Os melhores tratamentos geralmente são as técnicas comportamentais e exercícios que ajudam a fortalecer o assoalho pélvico.

Técnicas comportamentais: As técnicas comportamentais geralmente ajudam a treinar a bexiga para controlar a micção. O objetivo é diminuir as idas ao banheiro, a sua técnica é basicamente o urinar esperar uns minutos e tentar novamente, isto ajuda a fortalecer a região pélvica.

Como tratar incontinência urinária com exercícios? (Foto: Divulgação)

Exercícios para fortalecer o assoalho pélvico

Para fortalecer os músculos que ajudam a controlar a micção, o médico geralmente aconselha a fazer exercícios íntimos ou Kegel, que nada mais é do que a contração e relaxamento dos músculos sobre o assoalho pélvico. Uma curiosidade, este tipo de exercício diminui também a flacidez vaginal, que provavelmente proporcionará mais prazer às mulheres e seus parceiros durante a relação sexual.

Como tratar incontinência urinária com exercícios? (Foto: Divulgação)

Ginástica Hipopressiva:

Para fazer este exercício é preciso se deitar de barriga para cima com os joelhos dobrados e os braços ao longo do corpo. A respiração deve ser forçada até que o abdômen comece a se contrair sozinho. Os pulmões deverão ser esvaziados completamente fazendo uma expiração forçada e em seguida ficar uns 10 a 30 segundos sem respirar. Uma dica importante é fazer estes exercícios de bexiga vazia. Existem outros tratamentos mais radicais que podem ser feito para tratar a Incontinência Urinaria sendo mais invasiva, geralmente é feito com cirurgias reparadoras na região pélvica. O acompanhamento médico é importante para qualquer dos tratamentos.

Como tratar incontinência urinária com exercíciosComo tratar incontinência urinária com exercícios

Como tratar incontinência urinária com exercícios passo a passo

Se você tem, ou quer prevenir esse tipo de problema, pode praticar exercícios da musculatura da região pélvica seguindo passo a passo esse vídeo.

Quanto tempo leva para que o efeito do tratamento funcione?

O tempo de cura geralmente dependerá da gravidade da situação, os resultados poderão ser notados depois de 3 meses de um intensivo tratamento com exercícios feitos 3 vezes ao dia e a cura poderá ocorrer depois de um ano. Mas em casos mais graves o médico poderá sugerir uma cirurgia, pois geralmente com o passar dos anos, a mulher fica mais exposta a esses incômodos, nesta fase ela poderá sofrer com a chamada “Bexiga caída”, que já é um estagio mais avançado da Incontinência Urinária.

Veja isto!

O que fazer quando engasgamos e não há ninguém por perto

O que fazer quando engasgamos e não há ninguém por perto

O que fazer quando engasgamos e não há ninguém por perto: O engasgo pode ser …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *