quinta-feira , agosto 22 2019
Inicio / Dietas / Alimentos que ajudam a diminuir o estresse

Alimentos que ajudam a diminuir o estresse

Alimentos que ajudam a diminuir o estresse: Com a correria do dia a dia é fácil ficar de mau humor e impaciência, porém o que muitas pessoas não sabem é que alguns alimentos tem o poder de acabar ou pelo menos diminuir o estresse do dia a dia.

Para as pessoas estressadas que não sabem mais o que fazer para acabar com esse mal, aqui vai uma lista de alimentos que prometem acabar com esse mau humor e nervosismo extremos.

Alimentos que ajudam a diminuir o estresse

alimentos-que-ajudam-a-diminuir-o-estresse

Cereais – eles contam com uma grande quantidade de carboidratos complexos, fibras e vitaminas essenciais para o bom funcionamento do cérebro.

Banana – essa fruta é rica em vitamina B6, triptofano, potássio e magnésio que são nutrientes que estimulam a serotonina e diminuem a irritação e ansiedade.

Chocolate – esse alimento além de muito delicioso, possui triptofano e teobromina que estimula a endorfina. Quanto mais cacau o chocolate tiver, melhor.

Laticínios – queijo, leite e iogurte são ricos em triptofano e proteínas que combatem o baixo-astral diário.

Ovo – esse alimento conta com triptofano, aminoácido e colina que é uma substância que forma as vitaminas do complexo B, essenciais para o bom funcionamento do sistema nervoso.

Abacate – é rico em magnésio e gorduras boas que são muito importantes na síntese da serotonina.

Verduras verde escuras – o espinafre, couve e o brócolis são fontes de ácido fólico, que em poucas quantidades no organismo provocam o estresse e podem causar depressão.

Esses são alguns alimentos que ajudam e muito a diminuir o estresse, então procure adicioná-los em sua alimentação diária e verá como o seu humor vai mudar.

Sobre Danubia Schneider

Veja isto!

Esfoliante caseiro - Receita caseira para transformar sua pele

Esfoliante caseiro – Receita caseira para transformar sua pele

Esfoliante caseiro: A nossa pele fica exposta a diversos vírus, bactérias, microrganismos e riscos no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *