Inicio / Diversos / Aceitação de pessoas transexuais na família

Aceitação de pessoas transexuais na família

Aceitação de pessoas transexuais na família: Sexualidade e gênero são assuntos que devem ser levados em pauta dentro das famílias. Todos nós sabemos que não é fácil, que ainda existem muitos mitos, tabu e preconceito com o assunto, o objetivo é poder ter um mundo melhor, com maior aceitação, um mundo mais justo para todos.

Aceitação de pessoas transexuais na família

Orientação sexual pode ser precoce?

Orientar os filhos sobre a sexualidade falar no assunto não torna precoce a iniciação sexual, pelo contrário ajuda os adolescentes a compreenderem melhor o que acontece com o seu corpo. Como também falar sobre diversidade sexual e ensinar sobre o assunto, não vai induzir o adolescente a mudanças sexuais, tão pouco de identidade de gênero. O que ocorre é que esse tipo de diálogo vai fazer com que os jovens e adolescentes compreendam melhor e obtenham maior aceitação sobre a sexualidade, bem como as formas de expressão e vivência.

Aceitação de pessoas transexuais na família (Foto: Divulgação)

O que é uma pessoa transexual?

Transexual é uma pessoa que não aceita o seu gênero biológico, ou seja, está em um corpo que não se identifica com ele. Essas pessoas não conseguem se identificar com as roupas que usa, com o comportamento que é imposto pela sociedade, que são típicos do gênero feminino ou masculino. Portanto, uma pessoa trans é aquela que vive em um corpo que não se identifica com ele, ela apenas transita do seu gênero biológico para o gênero pelo qual se identifica. Estar no corpo de um homem e se sentir uma mulher ou visse versa.

Aceitação de pessoas transexuais na família (Foto: Divulgação)

Como aceitar um filho transexual?

Quando se fala em transexual sempre há um tabu por parte da sociedade, isso ocorre porque as famílias não estão abertas para essa aceitação. É importante salientar que as manifestações de identidade de gênero não tem idade certa para ocorrer, ela pode se apresentar em qualquer idade. A aceitação por parte dos pais é sempre muito complicada, pois geralmente não é bem aceito, pais e filhos sofrem com o problema. Para que as famílias possam aceitar filhos transexuais é preciso que as famílias conversem sobre o assunto com naturalidade, desde criança, pois dessa forma as crianças saberão que é natural e que todos merecem respeito independente da sua sexualidade ou gênero.

Aceitação de pessoas transexuais na família (Foto: Divulgação)

Como viver em harmonia com pessoas trans

As pessoas trans merecem respeito e consideração, mesmo sabendo que existem grupos homofóbicos, que desrespeitam essas pessoas, nós, eu e você podemos fazer a diferença e criar um mundo melhor a partir da nossa casa. Veja algumas dicas que selecionamos para o convívio em harmonia:

1ª dica – crie um ambiente seguro dentro de casa para que essa pessoa possa se sentir acolhida e segura;

2ª dica – sempre coloque-se no lugar da pessoa, haja com empatia;

3ª dica – nunca fale algo ou faça algo que possa reprimir a identidade de gênero do adolescente ou criança;

4ª dica – é importante ficar ciente de que a criança ou adolescente trans não tem problema algum é a sociedade que não sabe lidar com a mudança de gênero de forma normal;

5ª dica – busque informações sobre o assunto, que possam ajudar na convivência tornando-a cada dia melhor;

6ª dica – faça contato com outras famílias que tenham filhos trans, para que possam aprender e se fortalecer com a situação;

7ª dica – demonstre todos os dias o quanto seu filho é amado independente da sua sexualidade ou gênero.

Aceitação de pessoas transexuais na família

Dessa forma você terá uma família saudável e feliz, sabendo conviver com a transexualidade de forma natural, sem preconceito.

Sobre Bety Krause

Meu nome é Bety tenho duas paixões na vida: ler e escrever. Depois que começo a digitar não consigo mais parar, escrevo de tudo um pouco, informação nunca é demais.

Veja isto!

Como lidar com a separação

Como lidar com a separação

Como lidar com a separação: A separação não é boa para ninguém, pois ela sempre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *