segunda-feira , abril 22 2019
Inicio / Diversos / Plantas repelentes naturais. Saiba quais são os repelentes naturais
Plantas repelentes naturais – saiba quais são:
Plantas repelentes naturais – saiba quais são:

Plantas repelentes naturais. Saiba quais são os repelentes naturais

Plantas repelentes naturais: Em tempos onde doenças como dengue, zika e chikungunya estão causando graves transtornos, os mosquitos transmissores acabaram se tornando mais um item na lista de inimigos da nossa saúde. Sendo assim é preciso tomar todos os cuidados para deixar esses insetos o mais longe possível de nós e de nossa casa.

Além dos repelentes e também das orientações básicas de higiene para manter o perigo longe, também vale a pena investir em outros itens capazes de dar uma mãozinha. Nesse caso, que tal conhecer algumas plantas que são repelentes naturais? 

Quais são as Plantas repelentes naturais

Plantas repelentes naturais – saiba quais são:

Plantas que ajudam a manter os insetos longe:

Citronela 

Com aroma forte e marcante e coloração verde clara, a citronela tem fama quando pensamos em repelentes naturais devido a sua capacidade de espantar mosquitos e borrachudos. É possível usá-la em perfumes, incensos, velas e desinfetantes. Se estiver interessada no cultivo, saiba que ela deve ser cultivada com acesso ao som, plantada em solo fértil, drenado e enriquecido com adubo. Além disso vale lembrar que ela não é das mais tolerantes ao frio intenso ou geadas.

Plantas repelentes naturais - saiba quais são:

Lavanda

Com flores lindas e um aroma delicioso, precisamos dizer que ela também é útil para quem deseja manter os mosquitos longe de casa. Tal como a citronela, a lavanda também é utilizada em diversos outros produtos como cosméticos e tratamentos de aromaterapia. A planta pode ser acomodada no jardim ou em vasos dentro de casa.

Crisântemo 

Além de belas flores, o crisântemo também rende uma ajudinha contra mosquitos e outros insetos que adoram marcar presença em casas e jardins como é o caso de baratas, percevejos, pulgas e carrapatos. Caso pretenda cultivá-la, lembre-se de que ela não gosta de receber sol direto nem de temperaturas baixas. No que diz respeito a água, ela deve ser constante, mas nada que chegue a deixar o solo encharcado.

Erva cidreira 

Além do chá digestivo, a erva cidreira também costuma ser indicada para manter os insetos longe de seu entorno, então estamos falando em unir o útil ao agradável. Se optar por ela, saiba que ela gosta de solo úmido e exposição à luz do sol.

Alecrim

Além do uso como tempero, o alecrim ainda é capaz de espantar os mosquitos e também manter os gatos longe do quintal, hortas e jardins, podendo ser uma opção para quem também deseja restringir a presença do animal em algum recinto da casa. Outras plantas que podem ajudar a manter os insetos longe são a arruda, hortelã, capim limão e poejo.Plantas repelentes naturais – saiba quais são

Dicas para cultivar repelentes naturais

Gostou da ideia de apelar para as plantas? Então lembre-se de que essas plantas costumam gostar de sol direto, mas podem ser plantadas em canteiros ou jardineiras próximas a portas e janelas, o que ajuda a desfrutar de seus benefícios.

Outro detalhe: se o seu objetivo é plantar para servir de repelente, é preciso investir em mais de uma muda: conjuntos ou maciços são ideais para esses casos. 

Curtiu as dicas de plantas repelentes naturais? Veja mais dicas interessantes na nossa pagina inicial do Passo a Passo. Obrigada pela sua visita.

Sobre Danubia Schneider

Veja isto!

Quando uma pessoa quer estar com você, ela estará com você

Quando uma pessoa quer estar com você, ela estará com você!

Quando uma pessoa quer estar com você: Aprisionar uma pessoa em um relacionamento não é …

Um comentário

  1. Wellington soares dos santos

    Plantas q.servem como repelente,alem de ornamentar deixa um aroma e energia no ambiente..
    Geranio,alecrim,erva-cidreira,crisantemo,lavanda.
    Garanto a eficiencia principalmente o Geranio alem da floracao,ornamentando o ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *